28 de abr de 2017

11 de jul de 2014

Confuso

😍😍


As vezes acho que as coisas que acontecem comigo não tem um real sentido, coisas que nunca se passaram na minha mente, que eu jamais imaginaria que pudesse acontecer, um olhar foi o bastante para mudar tudo. A adolescência é onde você experimenta todos os sentimentos, mas com tal intensidade que não há como explicar.

Um oi, tudo começou ai, noites conversando, falando sobre o que gostávamos, uma pessoa diferente, claro me surpreendeu porque não imaginei que pudesse ser dessa forma, gostando das mesmas coisas que eu e me conquistando de tal forma que não seria possível descrever, pena eu não ter percebido o quão seria importante lhe dar mais atenção naquela época, hoje vivo de suspiros quando você passa, quando você olha, quando sorri, quando mexe no cabelo, a sim quando mexe no cabelo me deixa totalmente desestabilizada.

Não posso afirmar que estou de fato apaixonada, porque não estou, mas você não é qualquer pessoa pra mim, não sei definir o que realmente sinto e sempre foi assim, já gostei de várias pessoas, a maioria me decepcionou e a outra parte foi tão passageira que se quer lembro seus nomes. Posso dizer que o que sinto por você é de certa forma diferente de todas as coisas que já senti, é uma atração forte, mas não somente isso, não consigo dizer ao certo o que é.

Lembro do dia em que nos encontramos e pudemos finalmente ficar perto, me lembro do seu beijo, do gosto, da intensidade , das emoções a flor da pele, na sua mão passeando no meu rosto, dos arrepios no pescoço, eu lembro de cada detalhe, precisamente sem tirar ou por qualquer coisa, lembro do seu jeito de me pegar e como eu ficava com isso.

Espero que não tenha acabado e que esses encontros aconteçam mais, que você me dirija a palavra e que não me perca de vista ,eu gosto de sentir seus olhos  em mim quando eu desvio o olhar, gosto de sentir que você se importa, sei que não é apaixonado por mim, tão pouco me ame, mas eu não sou qualquer pessoa pra você, você sente o mesmo que eu, eu sei disso.


Não é por acaso que sorrio quando você passa, quando te vejo ou quando simplesmente penso em você, não é por acaso que eu sonho com você, que sinto seu perfume do nada , não é por acaso que não desgrudo os olhos de você, mas também não é por acaso que você me olha, não sei porque isso acontece, só sei que seu sorriso é lindo amor. 

14 de out de 2013

Vício

Untitled


O que tem nesse teu sorriso  que prende o meu olhar? O que tem no brilho dos teus olhos que me faz parar de respirar? O que tem em você que me faz suspirar? Eu tento achar respostas , gostaria de tê-las pra não ter que sofrer, te ver nos braços de outra pessoa dói na alma, é uma dor que faz chorar, aquele choro sem fim, choro sem um intervalo, que te faz soluçar e parecer uma criança assustada.

Não consigo explicar o que senti vendo você beijar outra pessoa que não fosse eu, eu apenas pensava “não vou chorar, não vou chorar” respirei fundo, tentei ter controle, você realmente acha que deu certo? Eu tive que me esconder pra poder chorar e ainda assim me acharam entre lágrimas a molhar a roupa idiota que eu vestia, me abraçaram, me disseram que eu era linda e que não valia a pena chorar, mas não é verdade, ninguém sabia como eu me sentia, ninguém nunca soube e nunca vai saber.

Eu estava até melhor no outro dia, estava perto de você o que naturalmente me fez sentir bem, aquele teu sorriso lindo as vezes direcionado pra mim, aquela imagem não sai da minha cabeça, é o que eu lembro quando dizem teu nome pra mim, te ver dormindo, aquele anjo, meu anjo, minha vida ali, na minha frente, algo que era meu mas que na verdade não me pertencia, tão lindo, a vontade de te dar um beijo, de ficar no teu abraço que infelizmente nunca pude ter.

Sabe que você fica muito bem com a minha blusa? Te sinto mais meu do que deveria, apesar de achar que essa troca de roupas, sorrisos ,  não vai mais acontecer, fiquei com o teu cheiro, dormi com ele depois de chorar novamente por te ver com a outra, um choro doído, sufocado, sem parar, você soube de tudo, do que eu sentia, e até se preocupou, ficou mexido, mas nada que te trouxesse pra mim, me chamou por apelido, coisa que antes nunca fez, o que me fez ter esperanças que sinceramente são desnecessárias que vão me fazer gostar mais de ter você por perto, me fazer gostar mais de você, pra depois sofrer ainda mais.

E depois de tudo isso, depois de todo esse tempo, eu viciei em você, sim você é uma droga, uma coisa que alucina, que é difícil de entender e de ter, viciei no teu olhar que cativa, que atrai, que hipnotiza, viciei no teu sorriso que me faz sorrir também, mesmo que eu não queira é algo totalmente automático que me faz bem, viciei no teu cheiro que eu consigo sentir em qualquer lugar, viciei do teu rosto, viciei no teu jeito de ser, eu viciei em você amor, o que eu vou fazer?


28 de set de 2013

O que eu sinto ...


Sim, eu chorei. Mas não foi por alguém, quer dizer, foi por mim mesma, por tudo que fui e sou, desde a criança com sorriso puro até a garota de hoje com o mesmo sorriso, mas que não tem o mesmo brilho. Vendo as fotos, me lembrando de momentos tão bons, achei que não choraria, foi mais forte que eu. Foi como se a criança que eu fui, olhasse pra mim agora e sorrisse, foi como sei lá, me encontrar comigo mesma, só que mais jovem, e parecia que eu do passado seria mais capaz de comandar a vida do meu eu do presente, foi como se eu pudesse deitar no colo da criança que eu fui e que eu cuidasse de mim mesma, parece que a criança do passado via tudo, sabia de tudo que ia acontecer e sorrisse com ternura pra acalmar o que eu sinto agora, sorrisse com calma, amor e compreensão.

As escolhas que fiz por mim, mudar, mudar, errar , acertar, mudar de novo, errar e acertar mais cem vezes me fizeram chegar a conclusão de que realmente não importa o que faça, você sempre vai ter a mesma criança dentro de si, com sorriso puro, amor inocente, brincadeiras bobas e o dom de cativar a tudo e a todos, sim, ela se esconde depois que se cresce, depois que se decepciona, mas se você parar pra pensar, o seu eu do passado jamais lhe abandona, a criança feliz que você foi sem preocupações ou dor continua ali, é só procurar.

Me vejo nas fotos recentes, olho no fundo dos meus olhos, e ainda assim não acho resposta pra aquilo que eu sou ou sinto, se olho nos olhos da criança que fui, acho toda e qualquer resposta, sem uma reticências, sem uma segunda pergunta, sem algo que deixe duvida, algo concreto e certo, crescer nos magoa, as pessoas que conhecemos durante esse processo nos magoam, é inevitável, crescer assim como se magoar.

Você ama, e quem você ama lhe corta as asas, quebra seu coração, deixando você magoada, destruindo o que há de puro em você, o primeiro idiota que faz com que você mude, seja fria, perca o brilho dos olhos, do sorriso, a coragem e por fim a esperança que algo ainda dará certo, pode parecer exagero meu, mas se você se lembrar do primeiro amor que te magoou e lembrar do que sentiu e como mudou, vai ver que tenho razão.

Dizem que o primeiro beijo jamais esquecemos, pelo contrário, as coisas boas sempre se vão, uma hora ou outra, eu já nem lembro mais quem foi e como foi, sempre vou lembrar daquele que me magoou primeiro, e mesmo que daqui a 20, 30 anos eu estiver casada e feliz, não vou esquecer, coisas que te fazem mal são as que realmente te marcam.

Por fim ao voltar falar de mim mesma, eu digo que não mudei, eu continuo a mesma criança meiga , fofa, carinhosa, carente que necessita de atenção, o que aconteceu foi que criei camadas diferentes de mim, como um muro em volta de uma casa, uma proteção, e me tornei o que sou , envolta em camadas, cada vez mais fria e com mais medo de me machucar, cada vez mais fechada, existem pessoas tão fechadas que eu chego a duvidar que a criança dentro dela ainda esteja viva, que não tenha sido sufocada por tantas camadas de tristeza, solidão e mágoa, sabe as vezes é preciso se libertar, deixar que a criança dentro de ti saia pra brincar, respirar, mesmo que teime em não querer ser novamente aprisionada, ela precisa reviver de tempos em tempos pra não simplesmente desaparecer. Depois de tanto blá blá blá o que estou tentando dizer é: liberte o que você tem guardado, jogue fora de preferência lembranças ruins, não guarde isso pra sempre, não se feche tanto, sabe a criança de que tanto falo? Ela reaparece toda vez que você sorri não deixe que os sentimentos bons se esvaiam e que dê lugar aos ruins, JAMAIS permita isso, seja quem quiser ser, chore, grite, faça de tudo, mas faça por você.



27 de set de 2013

Não faz sentido ...

Untitled

Enfim, me vejo sozinha novamente, como a 7 meses atrás, á procura de alguém que possa me fazer feliz novamente. As lembranças insistem em me atormentar, você parece ter um imã que puxa meu olhar, não só ele , mas a mim também. Lembrar de você, de nós, me tortura ainda mais, sentir seu perfume, ouvir a sua voz, é como sentir tudo de novo , ciúmes misturado com saudade, tristeza e alegria.

Ah meu amor, pensar que nunca mais vou me aproximar de você daquele jeito, que nunca mais você vai sorrir por MINHA  causa, teu sorriso, teu olhar, teu abraço, teu beijo, teu cheiro, não são mais MEUS , agora são um pouco de uma e de outra.

Ninguém entende o que eu sinto, mas nem eu me entendo bem. Digo que ninguém vai  te amar como eu, talvez mais, mas nunca da mesma forma que eu amei, pra suportar brigas e birras sem razão, e ainda assim, ter o mesmo sentimento, esperar que enxergasse o meu amor, todas essas lembranças insistem em me assombrar toda vez que eu coloco a cabeça no travesseiro.

E eu daria tudo pra nunca ter que sair do seu abraço, infelizmente, como de costume, o destino insiste em te levar de mim, achando que você o pertence, mas no fim das contas nem a mim  você pertenceu.